Rua Rio Grande do Norte, 1000 | (43) 3471-1950 | 0800-649-3472 | administracao@ivaipora.pr.gov.br

Compromisso

Prefeitura de Ivaiporã destina R$623,5 mil e atende 16.820 pedidos de consultas e exames em 8 meses

Quarta-feira, 08 de setembro de 2021

Última Modificação: 09/09/2021 00:11:42 | Visualizada 878 vezes

As consultas, exames e o transporte dos pacientes são marcados pela equipe do Centro de Especialidades


Ouvir matéria

Melhorar a saúde e a qualidade de vida da população são desafios para qualquer gestor público. E, em Ivaiporã, os investimentos são levados a sério para oferecer condições de atendimento aos pacientes.

Conforme dados do Departamento de Saúde, entre janeiro e agosto de 2021, foram solicitados 12.914 atendimentos: 7.428 consultas de especialidade (6.953 realizadas) e 5.486 exames de diagnóstico (4.735 realizados), que somam 11.687 atendimentos. O saldo a ser realizado é de 475 consultas de especialidade e 751 exames de diagnóstico.

Em 8 meses, a Prefeitura pagou R$623.500 mil ao Consórcio Intermunicipal de Saúde (CIS) referentes a 11.687 consultas de especialidade e exames de diagnóstico solicitados, em 2021, e 5.133 que aguardavam, há 3 anos, enquanto foram pagos ao CIS apenas R$86.400 mil, entre janeiro e dezembro de 2020, para tratar da saúde da população

As consultas, exames e o transporte dos pacientes são marcados pela equipe do Centro de Especialidades, que é formado por Andreia Santos, Eloisa Abreu, Juliane Brito, Poliane Prado, Maria Luísa Sargentin e Mirian Macedo. O Centro de Especialidades fica em frente ao Colégio Santa Olga. 

“Trabalho no Departamento de Saúde, há 15 anos, e nunca vi o município liberar tantas consultas e exames em 8 meses de gestão”, afirmou a atendente do Centro de Especialidades, Andreia Santos, que é técnica em enfermagem. Os exames e consultas mais solicitados são relacionados à cardiologia, ortopedia e ginecologia – além de exames laboratoriais, ultrassom, eletro e raio-X.

A diretora do Departamento de Saúde, Cristiane Pantaleão, explicou que faltam algumas consultas como cardiologia e neurologia, por exemplo, e alguns exames como endoscopia e colonoscopia. “Mas estamos buscando, por meio do Consórcio Intermunicipal de Saúde, mais profissionais para Ivaiporã”, informou Cristiane Pantaleão.

Além dos R$623,500 mil pagos ao CIS (consultas e exames), Prefeitura de Ivaiporã investiu na mensalidade (R$145.062,72), bolsa de colostomia (R$18.275,00), Casa de Apoio (R$4.500,00), transporte Curitiba (R$132.000,00), contrapartida QualiCIS (Programa Estadual de Qualificação dos Consórcios Intermunicipais de Saúde) para gestantes (R$3.457,02), entre outros investimentos – totalizando R$304.021,13, em 8 meses, que somados aos R$623,500 mil são R$927.521,13.

O prefeito Carlos Gil e o vice-prefeito Marcelo Reis assumiram a gestão com 8.941 pacientes na fila de espera por 2.787 consultas de especialidade e 6.154 exames de diagnósticos. Após triagem por telefone a equipe do Centro de Especialidades localizou 5.237 pacientes (2.611 consultas de especialidade e 2.626 exames de diagnóstico).

Após triagem foram atendidos 5.133 pacientes, realizadas 2.529 consultas de especialidade e 2.604 exames de diagnóstico. Dos 5.237 pacientes que aguardavam atendimento, entre 2018, 2019 e 2020, restam 29 referentes a consultas de especialidade e 64 exames de diagnóstico.

Carlos Gil explicou que, quando assumiu a gestão, se deparou com inúmeros problemas ligados à falta de licitações de medicamentos e equipamentos, equipes desestruturadas, UBS com obras inacabadas ou abertas sem a estrutura necessária para atender a população e uma enorme lista de espera por consultas e exames. “Mas vamos continuar trabalhando em prol da população do município que merece contar com saúde de qualidade. Este é um dos nossos compromissos assumidos”, declarou o prefeito.

Fonte: Assessoria de Imprensa da Prefeitura de Ivaiporã - Lúcia Lima

 Galeria de Fotos

 Veja Também