Rua Rio Grande do Norte, 1000 | (43) 3471-1950 | 0800-649-3472 | administracao@ivaipora.pr.gov.br

Rede

Saúde, Educação e Assistência Social da Prefeitura de Ivaiporã debatem sobre Autismo com profissionais e famílias

Quarta-feira, 05 de abril de 2023

Última Modificação: 05/04/2023 13:34:34 | Visualizada 2897 vezes

De acordo com a diretora do Apae de Ivaiporã, Fabiana Shmidt, a sociedade também precisa olhar o autista sem preconceito.


Ouvir matéria

Vamos Fala Sobre Autismo? Foi o que propuseram as diretoras dos Departamentos de Saúde, Educação e Assistência Social da Prefeitura de Ivaiporã – Cristiane Pantaleão, Daiane Soares e Silvana Pessutti, que convidaram o neuropediatra Rafael Aguillar Silva para abordar o tema e reuniram centenas de profissionais das citadas áreas e pais de crianças autistas.

O tema foi apresentado e discutido na terça-feira, dia 4 de abril, no Centro Cultural Olívia Hauptmann, após a abertura preparada pelas equipes da Educação, que foram aplaudidas pelo público. 

O autismo é um transtorno neurobiológico que afeta a comunicação, interação social e o comportamento. O IBGE estima que há cerca de 2 milhões de autistas no Brasil.  A população total no país é de 200 milhões de habitantes, o que significa que 1% da população. O tema é considerado por especialistas como de extrema importância, uma vez que o diagnóstico precoce e o acolhimento adequado são fundamentais para o desenvolvimento da criança.

 

Diagnóstico

A importância do diagnóstico precoce, inclusão escolar e o trabalho em equipe para garantir o bem-estar da criança com autismo e da família foram enfatizadas entre os profissionais. “Temos muito a aprender em relação ao autismo no município”, reconheceu Daiane Soares convidando os profissionais e parceiros da Educação para participar do Encontro Ampare (Apoio a Mães e Pais de Autistas Reunidos), reunindo familiares e responsáveis por autistas no dia 24 de maio. Quanto ao espaço e ao horário serão definidos.

De acordo com a diretora da Apae de Ivaiporã, Fabiana Shmidt, a sociedade também precisa olhar o autista sem preconceito. “Vamos acolher as famílias que necessitam do sistema social. O mundo não permite mais a exclusão dos pais com crianças autistas. Neste aspecto, Ivaiporã está de parabéns pelo exemplo de inclusão”, afirmou Fabiana Shmidt.

A troca de conhecimentos e experiências foi considerada fundamental por Silvana Pessutti para garantir o melhor atendimento e cuidado a pessoa com autismo e a família. “O autismo precisa ser discutido abertamente, porque o preconceito existe realmente. Por isso, nos preocupamos em oferecer o melhor atendimento a quem tem Transtorno do Espectro Autista e acredito que se trata um encontro muito importante para os municípios representados”, declarou Silvana Pessutti. 

 

Atendimento regional

Feliz! Foi o adjetivo usado por Cristiane Pantaleão para se referir à presença de centenas de profissionais e familiares. “Em 2022, fizemos capacitação com profissionais da região para lidar com autista – com apoio do Consórcio Intermunicipal de Saúde. Resolveu? Não! Foi quando criamos um atendimento regional no AME [Ambulatório Médico de Especialidade] com equipe multiprofissional. Mas só deu certo porque unimos Saúde, Educação e Assistência Social. E, felizmente, passamos a contar com o atendimento do neuropediatra Rafael Aguillar Silva, que atende diversas crianças. E tenho certeza que Ivaiporã será referência no cuidado à criança com autismo”, ressaltou Cristiane Pantaleão.

O neuropediatra Rafael Aguillar Silva explicou que quanto mais cedo o diagnóstico melhor se desenvolve a criança. “Acredito que a criança e o adolescente autistas estão cada vez mais incluídos na sociedade. Mas precisamos trabalhar a aceitação da sociedade. Afinal, há muitas pessoas autistas que não sabem que têm Transtorno do Espectro Autista – especialmente mulheres”, informou Rafael Aguillar Silva.

Os Departamentos de Saúde, Educação e Assistência Social encerraram o encontro apresentando o fluxo do programa Brilhantemente, que é desenvolvido no AME.

 

Fonte: Assessoria de Imprensa - Lúcia Lima

 Veja Também