Covid-19

COVID-19

Rua Rio Grande do Norte, 1000 | (43) 3471-1950 | 0800-649-3472 | administracao@ivaipora.pr.gov.br
Acessibilidade

Saúde

Departamento Municipal de Saúde


Responsável:  Cristiane Martins Pantaleão
Telefone:  (43) 3472-1788
Email:  saude@ivaipora.pr.gov.br

Horário de atendimento 

07h30 às 11h30 e das 13h00 às 17h00 (segunda a sexta-feira)

Endereço: Avenida Souza Naves, nº 2.760

Acesse o pagina do Departamento de Saúde 

https://www.facebook.com/departamentomunicipaldesaudedeivaipora

 

Tem como atribuições 

O Departamento de Saúde é o órgão responsável pelo planejamento, execução dos serviços e pela gestão das ações de saúde no município com foco na Atenção Básica como ordenadora do serviço contando com o apoio suplementar do Estado e União nas ações de média e alta complexidade. Todo o processo de planejamento e gestão no SUS foi alicerçado nas bases legais destacando as Leis nº 8080/90 e 8142/90, Portaria nº 3.085/2006 (Pacto pela Saúde), Portaria nº 2.751/2009, Decreto nº 7.508/2011 e a Lei Complementar 141/2012.

Em cumprimento a Lei 8080/90 e Emenda Constitucional 29/2000 todos os recursos da saúde são movimentados por meio do Fundo Municipal de Saúde (FMS), que tem como finalidade ser o depositário único de todos os recursos destinados ao setor, especialmente aqueles oriundos transferidos dos Fundos Nacional e Estadual de Saúde diretamente para o Fundo Municipal de Saúde. O FMS de Ivaiporã foi criado por meio da Lei 810/93 de 28/05/1993 e está vinculado ao Departamento Municipal de Saúde.

Os instrumentos de gestão da saúde que estão sendo construídos este ano (Plano Municipal de Saúde – PMS, Programação Anual de Saúde – PAS, Relatório Anual de Gestão – RAG e Relatórios Resumidos do Quadrimestre Anterior – RRQA) procuram alinhar-se com os instrumentos de gestão pública (Plano Plurianual – PPA, Lei de Diretrizes Orçamentárias – LDO e Lei Orçamentária Anual – LOA) visando garantir a transparência com os gastos públicos e com as ações de saúde no município.

A rede de serviços de saúde no município está constituída na Atenção Básica por 9 equipes da Estratégia Saúde da Família (ESF) com cobertura de 100,00%, que atuam nas Unidades Básicas de Saúde (UBS) buscando reorganizar toda a rede apoiando a qualificação dos serviços, profissionais e das Unidades. O atendimento odontológico básico está sendo estruturado, ampliado e descentralizado.  

A Atenção Básica é desenvolvida com o mais alto grau de descentralização e capilaridade, ocorrendo no local mais próximo da vida das pessoas. Uma Atenção Básica fortalecida e ordenadora das Redes de Atenção desempenham um papel central na garantia à população de acesso a uma atenção à saúde de qualidade. É o contato preferencial dos usuários – a principal porta de entrada e centro de comunicação com a Rede de Atenção à Saúde.

Constitui-se em espaço onde se dá majoritariamente o primeiro contato das pessoas com o sistema e onde existe capacidade para resolução de grande parte dos problemas de saúde apresentados pelas pessoas. Desenvolve um conjunto de ações de saúde no âmbito individual e coletivo, que abrange: proteção, promoção e a manutenção da saúde; prevenção de doenças e agravos, e a redução de danos; diagnóstico, tratamento, reabilitação e a manutenção da saúde com o objetivo de oferecer atenção integral, que impacte na autonomia e na situação de saúde, considerando os determinantes e condicionantes, individuais e coletivos.

Estas ações são desenvolvidas por meio do exercício de práticas de cuidado integrado e gestão qualificados, trabalho em equipe multiprofissional, dirigidas às populações de territórios definidos, pelas quais assume a responsabilidade sanitária, considerando a dinamicidade existente neste território.

A integração entre a Vigilância em Saúde e Atenção Básica é condição essencial para o alcance de resultados que atendam às necessidades de saúde da população na ótica da integralidade da atenção. Visa estabelecer processos de trabalho que considerem os determinantes, riscos e danos à saúde na perspectiva da intersetorialidade.
Na Vigilância em Saúde, busca-se executar as ações elencadas no VigiaSus, bem como estruturar o serviço de Vigilância Sanitária e Ambiental com foco nas ações do controle e prevenção da dengue.

Atividades desenvolvidas na Atenção Básica:
Ordenadora dos Serviços de Saúde;
Coordenadora do cuidado em saúde;
Cadastro dos habitantes por área/micro área de residência – referência ESF;
Classificação de risco da população;
Histórico do Usuário – condição de saúde;
Visita domiciliar;
Consulta médica por demanda livre, urgência e agenda eletiva;
Consulta de enfermagem;
Consulta/atendimento odontológico;
Consulta/atendimento domiciliar por multiprofissionais;
Triagens – urgências;
Pequenos Procedimentos na Unidade básica;
Procedimentos de enfermagem ambulatoriais domiciliares;
Plantão de procedimentos;
Coleta de exames laboratoriais na UBS;
Ações de promoção e prevenção;
Pré-natal com monitoramento de gestantes, estratificação de risco;
Visita puerperal;
Puericultura;
Imunização;
Testes rápidos;
Agendamento eletivo para multiprofissionais – nutricionista, fisioterapeuta, educador físico, assistente social, psicóloga, farmacêutica, terapeuta ocupacional;
Liberação de exames conforme necessidade do paciente;
Busca ativa de agravos notificáveis;
Atividades apoiadas pelo NASF;
Educação em Saúde.

Na Atenção Secundária o município conta com o CIS (Consórcio Intermunicipal de Saúde de Ivaiporã), que contempla diversas especialidades e serviço estruturado nas redes de Atenção à gestante e criança, e ao hipertenso e saúde mental. Foi implantado um projeto de formação da Atenção Básica e da equipe do consórcio (Mais Cuidado + Saúde), qualificando o atendimento à população com apoio do estado no QualiCIS.

O Departamento de Saúde também conta com um Centro de Especialidades. Para demais atendimentos especializados e exames laboratoriais e complementares, o município disponibiliza o Laboratório Municipal e conveniados, Lacen (Laboratório Central do Estado) e com clínicas de especialidades conveniadas. No município encontra-se instalado o Hospital do Rim – referência para serviço de hemodiálise. No entanto, o município ainda necessita de serviços nas referências dos municípios de Londrina, Arapongas, Curitiba e outros grandes centros.

A rede de atendimento hospitalar acontece por meio do Pronto Atendimento Municipal e 2 hospitais conveniados podendo-se contar com serviços especializados de diversas áreas, UTI neonatal e adulto, cirurgias diversas – incluindo transplantes.

Na rede de urgência e emergência, o município concluiu a obra da UPA (Unidade de Pronto atendimento), aguarda equipamentos e incentivos federais provenientes deste serviço.

Também conta com a Base Descentralizada do Samu 192, que tem Unidades de Suporte Básico e Avançado reguladas pela Central de Regulação com sede em Umuarama (Ciuenp) em funcionamento desde o mês de maio de 2017, além do Corpo de Bombeiros 199.
    
A assistência farmacêutica de Ivaiporã conta com Relação Municipal de Medicamentos (Remume) e, dentre as ações de assistência farmacêutica do município de Ivaiporã, são distribuídos medicamentos aos serviços de saúde e à população, além de coordenados os programas voltados à assistência farmacêutica em Ivaiporã.

Destacam-se os seguintes: Hiperdia, Suplementação de Ferro, Saúde da Mulher, Tabagismo, Paraná Sem Dor, Insulinas NPH e Regular, Ostomias, Consórcio Paraná Saúde e Saúde Mental. 

Na esfera federal, são realizados atendimento e monitoramento dos pacientes que fazem uso de medicamentos para controle da tuberculose e HIV/AIDS.

O Conselho Municipal de Saúde (CMS) tem dentre as atribuições, planejar, propor, controlar e fiscalizar a aplicação dos recursos financeiros, convênios e contratos de prestação de serviços, que devem estar de acordo com os instrumentos de gestão submetidos à análise, tais como Plano Municipal de Saúde, Plano Plurianual, Lei de Diretrizes Orçamentárias e Lei Orçamentária Anual, entre outros. 

O CMS é paritário e composto por 12 membros, distribuídos em 3 titulares e 3 suplentes da gestão e prestadores; 3 titulares e 3 suplentes dos trabalhadores; e 6 titulares e 6 suplentes representantes dos usuários, sob o Decreto nº 11.762 de 9 de junho de 2017, devido à mudança de gestor da saúde.
Atividades e projetos 2021

Informatização das informações em saúde: a informatização de prontuários e de dados de saúde é necessária para evitar desperdício de recurso público e melhoria na atenção à saúde da população. Assim, é possível monitorar os serviços realizados nas UBS em tempo real, cuja implantação foi iniciada em agosto.
Formação da equipe de Licitação e Compras: A equipe de licitação está passando por contínuo aprimoramento por meio de variados cursos e orientação técnica individual, visando sempre agilidade no processo de trabalho e eficácia do serviço prestado. Esta é uma ação permanente.
Programa Mais Cuidado + Saúde: Todos os profissionais de saúde que integram as equipes de Atenção Básica foram inseridos no processo de aprimoramento, que se iniciou no mês de agosto e terá duração de 8 meses.
Este programa tem como objetivo melhorar a atuação dos profissionais no cuidado à saúde da população, buscando novas ações de promoção e prevenção a saúde, melhorando consequentemente os indicadores de saúde de Ivaiporã.
Adesão ao programa Saúde Digital: A partir de setembro, com o Consórcio Intermunicipal de Saúde de Ivaiporã e o Hospital Alemão Oswaldo Cruz, passa a ser disponibilizado Tele Atendimento com médicos especialistas das diversas áreas a fim de sanar a carência de atendimento ou a insuficiência no município.
Os profissionais de saúde de Ivaiporã também terão contato direto com os médicos especialistas, e com os médicos ou outros profissionais do Consórcio Intermunicipal de Saúde de Ivaiporã, buscando construir planos de cuidados para aqueles pacientes de maior risco. 
Projeto Colo de Mãe Ivaiporaense: Trata-se de um programa de Apoio às Gestantes de Ivaiporã, por meio do qual são fornecidos kits para as gestantes que realizaram o acompanhamento pré-natal nas UBS, visando maior adesão das mulheres ao atendimento, com o objetivo de reduzir mortalidade materno/infantil. O início se dará em setembro.
Construção do Plano Municipal de Saúde (PMS): Equipe de saúde, comunidade e gestão estão elaborando o PMS 2022-2025, que contará com a descrição da estrutura da saúde do município, bem como as metas para os próximos 4 anos, levando em consideração o plano de governo gestão atual.
Processo de Territorialização: Cada família do município foi avaliada individualmente, a fim de traçar um perfil de vulnerabilidade de cada área de atendimento. Com esse processo concluiu-se um retrato da densidade de risco de cada região do município (ANEXO). Uma vez conhecendo o perfil das famílias fica mais fácil alinhar as atividades de saúde de forma equitativa. E, dessa forma, melhorar o atendimento a quem mais precisa.

Próximos passos
“Temos muito a fazer! Melhorar os equipamentos de todos os setores. Ampliar e reformar algumas Unidades Básicas de Saúde [UBS]. Aumentar o número de profissionais, principalmente equipe multiprofissional [psicólogo, nutricionista, fisioterapeuta…]. Descentralizar equipe odontológica em todas as UBS. Implantar o Centro de Especialidade Odontológica e a marcação de consulta por aplicativo. Fazer concurso público. Melhorar a estrutura do atendimento hospitalar. Aumentar o número de médicos especialistas, cirurgias e de medicamentos distribuídos na farmácia – entre outras ações. Tenho confiança que vamos conseguir resolver todos estes problemas,” Cristiane Pantaleão, diretora do Departamento de Saúde. 

O plano municipal de saúde 2022-2025 está sendo construído e, em breve, também estará disponível no Portal da Transparência.
 

17/01/2022

Prefeitura de Ivaiporã realiza mutirão de exames de ultrassonografia no Centro de...

Prefeitura de Ivaiporã realiza mutirão de exames de ultrassonografia no Centro de Especialidades Na sexta feira, dia 14 de janeiro, a Prefeitura de Ivaiporã realizou o mutirão de exames de ultrassonografia com a Dra Vanessa Moletta. Foram realizados 30 exames durante...

+ Saiba Mais

24/12/2021

Prefeitura de Ivaiporã anuncia construção de mais 2 UBS

O 1º ano da gestão Carlos Gil e Marcelo Reis aproxima-se do final. Mas não as boas notícias. Desta vez, o prefeito Carlos Gil e a diretora do Departamento Municipal de Saúde, Cristiane Pantaleão, anunciaram que a administração municipal...

+ Saiba Mais

23/12/2021

Médico Juarez Silva é homenageado pela Prefeitura de Ivaiporã

O médico Juarez Inácio da Silva, que atende no Pronto Atendimento (Hospital Municipal), foi homenageado pelo prefeito de Ivaiporã, Carlos Gil, e pela diretora do Departamento de Saúde, Cristiane Pantaleão, na terça-feira, dia 21 de dezembro, após...

+ Saiba Mais

20/12/2021

Ivaiporãenses passarão a nascer no Instituto de Saúde Bom Jesus

A administração municipal iniciou a semana dando uma importante notícia às gestantes de risco habitual e intermediário, que eram acompanhadas no Pronto Atendimento de Ivaiporã (Hospital Municipal), onde também era realizado o parto. Durante o...

+ Saiba Mais

20/12/2021

Prefeitura de Ivaiporã atende 15.606 pedidos de consultas e exames de especialidade e paga...

“Investir em saúde pública é promover a dignidade humana”. Esta afirmação é do prefeito de Ivaiporã, Carlos Gil, que apresenta o valor pago ao Consórcio Intermunicipal de Saúde (CIS) de Ivaiporã em 11 meses de...

+ Saiba Mais

16/12/2021

Profissionais de Saúde da UPA 24h de Ivaiporã atualizam treinamentos em...

O Departamento Municipal de Saúde da Prefeitura de Ivaiporã promoveu o curso sobre Emergências Cardiovasculares – instruído pelo diretor clínico da Unidade de Pronto Atendimento (UPA 24h), Vanderson Costa, e direcionado para médicos e...

+ Saiba Mais
CONTATO - Departamento Municipal de Saúde