Covid-19

COVID-19

Rua Rio Grande do Norte, 1000 | (43) 3471-1950 | 0800-649-3472 | administracao@ivaipora.pr.gov.br
Acessibilidade

Saúde

Departamento Municipal de Saúde


Responsável:  Cristiane Martins Pantaleão
Telefone:  (43) 3472-1788
Email:  saude@ivaipora.pr.gov.br

Horário de atendimento 

07h30 às 11h30 e das 13h00 às 17h00 (segunda a sexta-feira)

Endereço: Avenida Souza Naves, nº 2.760

Acesse o pagina do Departamento de Saúde 

https://www.facebook.com/departamentomunicipaldesaudedeivaipora

 

Tem como atribuições 

O Departamento de Saúde é o órgão responsável pelo planejamento, execução dos serviços e pela gestão das ações de saúde no município com foco na Atenção Básica como ordenadora do serviço contando com o apoio suplementar do Estado e União nas ações de média e alta complexidade. Todo o processo de planejamento e gestão no SUS foi alicerçado nas bases legais destacando as Leis nº 8080/90 e 8142/90, Portaria nº 3.085/2006 (Pacto pela Saúde), Portaria nº 2.751/2009, Decreto nº 7.508/2011 e a Lei Complementar 141/2012.

Em cumprimento a Lei 8080/90 e Emenda Constitucional 29/2000 todos os recursos da saúde são movimentados por meio do Fundo Municipal de Saúde (FMS), que tem como finalidade ser o depositário único de todos os recursos destinados ao setor, especialmente aqueles oriundos transferidos dos Fundos Nacional e Estadual de Saúde diretamente para o Fundo Municipal de Saúde. O FMS de Ivaiporã foi criado por meio da Lei 810/93 de 28/05/1993 e está vinculado ao Departamento Municipal de Saúde.

Os instrumentos de gestão da saúde que estão sendo construídos este ano (Plano Municipal de Saúde – PMS, Programação Anual de Saúde – PAS, Relatório Anual de Gestão – RAG e Relatórios Resumidos do Quadrimestre Anterior – RRQA) procuram alinhar-se com os instrumentos de gestão pública (Plano Plurianual – PPA, Lei de Diretrizes Orçamentárias – LDO e Lei Orçamentária Anual – LOA) visando garantir a transparência com os gastos públicos e com as ações de saúde no município.

A rede de serviços de saúde no município está constituída na Atenção Básica por 9 equipes da Estratégia Saúde da Família (ESF) com cobertura de 100,00%, que atuam nas Unidades Básicas de Saúde (UBS) buscando reorganizar toda a rede apoiando a qualificação dos serviços, profissionais e das Unidades. O atendimento odontológico básico está sendo estruturado, ampliado e descentralizado.  

A Atenção Básica é desenvolvida com o mais alto grau de descentralização e capilaridade, ocorrendo no local mais próximo da vida das pessoas. Uma Atenção Básica fortalecida e ordenadora das Redes de Atenção desempenham um papel central na garantia à população de acesso a uma atenção à saúde de qualidade. É o contato preferencial dos usuários – a principal porta de entrada e centro de comunicação com a Rede de Atenção à Saúde.

Constitui-se em espaço onde se dá majoritariamente o primeiro contato das pessoas com o sistema e onde existe capacidade para resolução de grande parte dos problemas de saúde apresentados pelas pessoas. Desenvolve um conjunto de ações de saúde no âmbito individual e coletivo, que abrange: proteção, promoção e a manutenção da saúde; prevenção de doenças e agravos, e a redução de danos; diagnóstico, tratamento, reabilitação e a manutenção da saúde com o objetivo de oferecer atenção integral, que impacte na autonomia e na situação de saúde, considerando os determinantes e condicionantes, individuais e coletivos.

Estas ações são desenvolvidas por meio do exercício de práticas de cuidado integrado e gestão qualificados, trabalho em equipe multiprofissional, dirigidas às populações de territórios definidos, pelas quais assume a responsabilidade sanitária, considerando a dinamicidade existente neste território.

A integração entre a Vigilância em Saúde e Atenção Básica é condição essencial para o alcance de resultados que atendam às necessidades de saúde da população na ótica da integralidade da atenção. Visa estabelecer processos de trabalho que considerem os determinantes, riscos e danos à saúde na perspectiva da intersetorialidade.
Na Vigilância em Saúde, busca-se executar as ações elencadas no VigiaSus, bem como estruturar o serviço de Vigilância Sanitária e Ambiental com foco nas ações do controle e prevenção da dengue.

Atividades desenvolvidas na Atenção Básica:
Ordenadora dos Serviços de Saúde;
Coordenadora do cuidado em saúde;
Cadastro dos habitantes por área/micro área de residência – referência ESF;
Classificação de risco da população;
Histórico do Usuário – condição de saúde;
Visita domiciliar;
Consulta médica por demanda livre, urgência e agenda eletiva;
Consulta de enfermagem;
Consulta/atendimento odontológico;
Consulta/atendimento domiciliar por multiprofissionais;
Triagens – urgências;
Pequenos Procedimentos na Unidade básica;
Procedimentos de enfermagem ambulatoriais domiciliares;
Plantão de procedimentos;
Coleta de exames laboratoriais na UBS;
Ações de promoção e prevenção;
Pré-natal com monitoramento de gestantes, estratificação de risco;
Visita puerperal;
Puericultura;
Imunização;
Testes rápidos;
Agendamento eletivo para multiprofissionais – nutricionista, fisioterapeuta, educador físico, assistente social, psicóloga, farmacêutica, terapeuta ocupacional;
Liberação de exames conforme necessidade do paciente;
Busca ativa de agravos notificáveis;
Atividades apoiadas pelo NASF;
Educação em Saúde.

Na Atenção Secundária o município conta com o CIS (Consórcio Intermunicipal de Saúde de Ivaiporã), que contempla diversas especialidades e serviço estruturado nas redes de Atenção à gestante e criança, e ao hipertenso e saúde mental. Foi implantado um projeto de formação da Atenção Básica e da equipe do consórcio (Mais Cuidado + Saúde), qualificando o atendimento à população com apoio do estado no QualiCIS.

O Departamento de Saúde também conta com um Centro de Especialidades. Para demais atendimentos especializados e exames laboratoriais e complementares, o município disponibiliza o Laboratório Municipal e conveniados, Lacen (Laboratório Central do Estado) e com clínicas de especialidades conveniadas. No município encontra-se instalado o Hospital do Rim – referência para serviço de hemodiálise. No entanto, o município ainda necessita de serviços nas referências dos municípios de Londrina, Arapongas, Curitiba e outros grandes centros.

A rede de atendimento hospitalar acontece por meio do Pronto Atendimento Municipal e 2 hospitais conveniados podendo-se contar com serviços especializados de diversas áreas, UTI neonatal e adulto, cirurgias diversas – incluindo transplantes.

Na rede de urgência e emergência, o município concluiu a obra da UPA (Unidade de Pronto atendimento), aguarda equipamentos e incentivos federais provenientes deste serviço.

Também conta com a Base Descentralizada do Samu 192, que tem Unidades de Suporte Básico e Avançado reguladas pela Central de Regulação com sede em Umuarama (Ciuenp) em funcionamento desde o mês de maio de 2017, além do Corpo de Bombeiros 199.
    
A assistência farmacêutica de Ivaiporã conta com Relação Municipal de Medicamentos (Remume) e, dentre as ações de assistência farmacêutica do município de Ivaiporã, são distribuídos medicamentos aos serviços de saúde e à população, além de coordenados os programas voltados à assistência farmacêutica em Ivaiporã.

Destacam-se os seguintes: Hiperdia, Suplementação de Ferro, Saúde da Mulher, Tabagismo, Paraná Sem Dor, Insulinas NPH e Regular, Ostomias, Consórcio Paraná Saúde e Saúde Mental. 

Na esfera federal, são realizados atendimento e monitoramento dos pacientes que fazem uso de medicamentos para controle da tuberculose e HIV/AIDS.

O Conselho Municipal de Saúde (CMS) tem dentre as atribuições, planejar, propor, controlar e fiscalizar a aplicação dos recursos financeiros, convênios e contratos de prestação de serviços, que devem estar de acordo com os instrumentos de gestão submetidos à análise, tais como Plano Municipal de Saúde, Plano Plurianual, Lei de Diretrizes Orçamentárias e Lei Orçamentária Anual, entre outros. 

O CMS é paritário e composto por 12 membros, distribuídos em 3 titulares e 3 suplentes da gestão e prestadores; 3 titulares e 3 suplentes dos trabalhadores; e 6 titulares e 6 suplentes representantes dos usuários, sob o Decreto nº 11.762 de 9 de junho de 2017, devido à mudança de gestor da saúde.
Atividades e projetos 2021

Informatização das informações em saúde: a informatização de prontuários e de dados de saúde é necessária para evitar desperdício de recurso público e melhoria na atenção à saúde da população. Assim, é possível monitorar os serviços realizados nas UBS em tempo real, cuja implantação foi iniciada em agosto.
Formação da equipe de Licitação e Compras: A equipe de licitação está passando por contínuo aprimoramento por meio de variados cursos e orientação técnica individual, visando sempre agilidade no processo de trabalho e eficácia do serviço prestado. Esta é uma ação permanente.
Programa Mais Cuidado + Saúde: Todos os profissionais de saúde que integram as equipes de Atenção Básica foram inseridos no processo de aprimoramento, que se iniciou no mês de agosto e terá duração de 8 meses.
Este programa tem como objetivo melhorar a atuação dos profissionais no cuidado à saúde da população, buscando novas ações de promoção e prevenção a saúde, melhorando consequentemente os indicadores de saúde de Ivaiporã.
Adesão ao programa Saúde Digital: A partir de setembro, com o Consórcio Intermunicipal de Saúde de Ivaiporã e o Hospital Alemão Oswaldo Cruz, passa a ser disponibilizado Tele Atendimento com médicos especialistas das diversas áreas a fim de sanar a carência de atendimento ou a insuficiência no município.
Os profissionais de saúde de Ivaiporã também terão contato direto com os médicos especialistas, e com os médicos ou outros profissionais do Consórcio Intermunicipal de Saúde de Ivaiporã, buscando construir planos de cuidados para aqueles pacientes de maior risco. 
Projeto Colo de Mãe Ivaiporaense: Trata-se de um programa de Apoio às Gestantes de Ivaiporã, por meio do qual são fornecidos kits para as gestantes que realizaram o acompanhamento pré-natal nas UBS, visando maior adesão das mulheres ao atendimento, com o objetivo de reduzir mortalidade materno/infantil. O início se dará em setembro.
Construção do Plano Municipal de Saúde (PMS): Equipe de saúde, comunidade e gestão estão elaborando o PMS 2022-2025, que contará com a descrição da estrutura da saúde do município, bem como as metas para os próximos 4 anos, levando em consideração o plano de governo gestão atual.
Processo de Territorialização: Cada família do município foi avaliada individualmente, a fim de traçar um perfil de vulnerabilidade de cada área de atendimento. Com esse processo concluiu-se um retrato da densidade de risco de cada região do município (ANEXO). Uma vez conhecendo o perfil das famílias fica mais fácil alinhar as atividades de saúde de forma equitativa. E, dessa forma, melhorar o atendimento a quem mais precisa.

Próximos passos
“Temos muito a fazer! Melhorar os equipamentos de todos os setores. Ampliar e reformar algumas Unidades Básicas de Saúde [UBS]. Aumentar o número de profissionais, principalmente equipe multiprofissional [psicólogo, nutricionista, fisioterapeuta…]. Descentralizar equipe odontológica em todas as UBS. Implantar o Centro de Especialidade Odontológica e a marcação de consulta por aplicativo. Fazer concurso público. Melhorar a estrutura do atendimento hospitalar. Aumentar o número de médicos especialistas, cirurgias e de medicamentos distribuídos na farmácia – entre outras ações. Tenho confiança que vamos conseguir resolver todos estes problemas,” Cristiane Pantaleão, diretora do Departamento de Saúde. 

O plano municipal de saúde 2022-2025 está sendo construído e, em breve, também estará disponível no Portal da Transparência.
 

22/10/2021

Vigilância Sanitária de Ivaiporã emite alerta para cuidado com...

No período de 15 dias, foram encontrados 2 escorpiões Tityus serrulatus (amarelo) na área central de Ivaiporã – entre o Banco do Brasil e a Paróquia Bom Jesus, e entregues à Vigilância Sanitária, que alerta a população...

+ Saiba Mais

22/10/2021

Equipes das UBS de Ivaiporã iniciam capacitação do programa Mais Cuidado +...

Nesta sexta-feira, dia 22 de outubro, os profissionais do Departamento Municipal de Saúde da Prefeitura de Ivaiporã, que trabalham nas Unidades Básicas de Saúde (UBS) São Francisco, Monte Castelo, Jacutinga e Nova Porã, iniciaram a capacitação...

+ Saiba Mais

21/10/2021

Rede Intersetorial de Proteção de Ivaiporã lança Projeto...

O Projeto Integração, desenvolvido pela Rede Intersetorial de Proteção de Ivaiporã, com o objetivo de envolver as Vilas Monte Castelo, São José e Formosa, e dos Jardins Alvorada, Planalto e Paraná, foi apresentado aos moradores da Vila Monte...

+ Saiba Mais

20/10/2021

Equipes das UBS de Ivaiporã passarão por capacitação e atendimento...

Na sexta e segunda-feira, dias 22 e 25 de outubro, os profissionais do Departamento Municipal de Saúde da Prefeitura de Ivaiporã irão participar da oficina de capacitação do programa Mais Cuidado + Saúde, que foi implantado em agosto com o objetivo de...

+ Saiba Mais

20/10/2021

Prefeitura de Ivaiporã vacina adolescentes entre 15 e 17 anos, nesta quinta-feira, dia 21

A Prefeitura de Ivaiporã vacinará adolescentes entre 15 e 17 anos – sem comorbidades, nesta quinta-feira, dia 21 de outubro, no Centro de Saúde, com o imunizante da Pfizer. Trata-se da única vacina liberada pela Agência Nacional de Vigilância...

+ Saiba Mais

04/10/2021

Lacen confirma 7 casos de Covid-19 em Ivaiporã

Devido à paralisação das redes sociais WhatsApp e Facebook – além do Instagram e Messenger, a Prefeitura disponibiliza à população o Informativo Covid-19 546, desta segunda-feira, dia 4 de outubro, via site. Logo que o Facebook voltar a...

+ Saiba Mais
CONTATO - Departamento Municipal de Saúde