ÚLTIMAS NOTÍCIAS / Polinização

Prefeitura e Departamento de Meio Ambiente de Ivaiporã alertam que extinção de abelhas afeta cadeia alimentar

Segunda-feira, 20 de março de 2017

Visualizada 377 vezes

A polinização é o processo em que as abelhas transferem o pólen entre as flores masculinas e femininas, garantindo a reprodução das plantas


A Prefeitura e o Departamento Municipal de Meio Ambiente de Ivaiporã alertam que a extinção de abelhas afeta a cadeia alimentar. Entre as causa de extinção estão a pulverização de agrotóxicos e a destruição de colmeias por pessoas que não sabem como proceder quando se deparam com uma colmeia na área urbana ou rural.

Segundo a Embrapa Recursos Genéticos e Biotecnologia, somente no Brasil há cerca de 250 espécies de abelhas indígenas sem ferrão e muitas delas com características específicas e propícias para o uso em polinização de plantas cultivadas.

A polinização é o processo em que as abelhas transferem o pólen entre as flores masculinas e femininas, garantindo a reprodução das plantas. Vespas, borboletas, pássaros, morcegos e o vento também participam desse mecanismo.

No entanto, as abelhas são as principais polinizadoras, uma vez que são as únicas a se alimentar exclusivamente de recursos florais. A extinção de muitas espécies, como acontece na China, causa problemas à produção agrícola.

Segundo Jayme Ayres, este ano, o número de pessoas que entrou em contato com o Departamento de Meio Ambiente, solicitando a retirada de abelhas em casa, árvores, estabelecimentos de ensino ou em zona rural, despertou a atenção. “A primeira orientação que passamos é não mexer nas abelhas. Segunda, não se deve danificar a colmeia de abelhas, sob pena de infringir a Lei de Crimes Ambientais 9.605/98, bem como a Lei de Proteção à Fauna [Lei 5.197]”, esclareceu Jayme Ayres, reforçando que a Lei 5.197 pune a perseguição, destruição, caça ou apanha de qualquer animal silvestre.

Jayme Ayres aconselhou a população entrar em contato com o Departamento Municipal de Meio Ambiente, que indicará um apicultor cadastrado no órgão ou no IAP (Instituto Ambiental do Paraná), autorizado a fazer o manejo de colmeias. “O apicultor vai à propriedade, arma a estrutura, recolhe as abelhas e leva para determinado ambiente, onde as abelhas possam viver livremente e produzir mel”, explicou.

Jayme Ayres, diretor do Departamento de Meio Ambiente Abelhas so as principais polinizadoras

Fonte: Assessoria de Imprensa da Prefeitura de Ivaiporã/Lúcia Lima

 Galeria de Fotos

 Outras Notícias

HORÁRIO DE ATENDIMENTO: 08h00 às 11h00 e 13h00 às 16h00. DISQUE ILUMINAÇÃO PUBLICA: 0800-6493472. Seja um bom cidadão!

Rua Rio Grande do Norte, 1000

(43) 3471-1950

OUVIDORIA - 0800-649 3472

administracao@ivaipora.pr.gov.br

Última Atualização do site:   19/01/2018 08:53:05