Rua Rio Grande do Norte, 1000 | (43) 3471-1950 | 0800-649-3472 | administracao@ivaipora.pr.gov.br
Acessibilidade

Abinc, Kotra e Tecpar

Abinc anuncia 1º Sandbox de IOT para Incubadora Tecnológica de Ivaiporã

Segunda-feira, 24 de outubro de 2022

Última Modificação: 24/10/2022 09:21:57 | Visualizada 462 vezes

Aleksandro Montanha explicou que o projeto surgiu após a Abinc estimular o acesso às tecnologias IoT para pequenas cidades


Ouvir matéria

Durante o Futurecom 2022 – a maior plataforma phygital de conteúdo e relacionamento sobre o universo de conectividade da América Latina, realizado no São Paulo Expo, o presidente do Comitê de Cidades Inteligentes da Associação Brasileira de Internet das Coisas (Abinc), Aleksandro Montanha, anunciou o projeto Sandbox de IoT da Abinc, que será instalado na Incubadora Tecnológica de Ivaiporã – orçada em R$1.976.665,70 para ser construída no Parque Industrial I na PR-466.

Trata-se do 1º SandBox IOT (Internet das Coisas) da Abinc no Brasil e vitrine sobre assuntos relacionados à adoção e aplicação da IoT para projetos de cidades pequenas e inteligentes. SandBox  é uma réplica do sistema operacional de um computador por meio do qual pode fazer testes sem comprometer os dispositivos e a rede. A segurança é um benefício considerado inegável, uma vez que previne e combate possíveis ameaças.

 

Abinc, Kotra e Tecpar

Em junho, o prefeito de Ivaiporã, Carlos Gil; secretário de Estado da Agricultura, Norberto Ortigara; presidente da Associação Brasileira de Internet das Coisas (Abinc), Paulo Spaccaquerche; diretor geral da Agência de Promoção de Exportações e Investimentos da Coreia do Sul (Kotra), Sang-bum Bae; e o presidente do Instituto de Tecnologia do Paraná (Tecpar), Jorge Callado, assinaram Acordos de Cooperação Técnica em função do lançamento do Polo Agrotech – Incubadora Tecnológica da Prefeitura de Ivaiporã.  

Com a Kotra pretende-se desenvolver soluções inovadoras para o agronegócio, atrair empresas e investidores, e criar um ambiente de inovação em Ivaiporã – considerado fundamental para o processo de tropicalização de tecnologias. E com o Tecpar identificar oportunidades de soluções em tecnologias que possam promover o desenvolvimento social, econômico e ambiental do município, por meio de ações de pesquisa, desenvolvimento e inovação.

Na Incubadora Tecnológica de Ivaiporã haverá espaços de convivência e uso compartilhado, como salas de reuniões, auditório, escritórios administrativos e de apoio, serviços de portaria, copa, estacionamento e laboratórios de criatividade.

 

Inovação

Aleksandro Montanha explicou que o projeto surgiu após a Abinc estimular o acesso às tecnologias IoT para pequenas cidades, e afirmou que a construção da Incubadora Tecnológica de Ivaiporã começa a despertar o interesse de empresas e instituições.

Segundo o presidente do Tecpar, Jorge Augusto Callado Afonso, a Incubadora Tecnológica de Ivaiporã é fundamental para descentralizar o processo de apoio a empreendimentos de inovação no Paraná. “É importante que centros regionais de referência como Ivaiporã ampliem e mantenham os processos de incubação e, obviamente, contem com o ecossistema de inovação do Estado do Paraná representado – não só pelas universidades, mas pela Superintendência de Inovação e pelos Institutos de Ciência e Tecnologia, como é o caso do Tecpar”, conclui Jorge Afonso.

Na visão do prefeito de Ivaiporã, Carlos Gil, e do diretor do Departamento de Tecnologia e Inovação, Alex Fonseca, a Incubadora Tecnológica atrairá empresas e investimentos, e será exemplo de tecnologia, inovação e empreendedorismo.

Fonte: Assessoria de Imprensa da Prefeitura de Ivaiporã - Lúcia Lima

 Galeria de Fotos

 Veja Também