Rua Rio Grande do Norte, 1000 | (43) 3471-1950 | 0800-649-3472 | administracao@ivaipora.pr.gov.br
Acessibilidade

A e B

No IEGM avaliado pelo Tribunal de Contas Ivaiporã é nota A na Saúde e Meio Ambiente e B no Geral

Segunda-feira, 14 de novembro de 2022

Última Modificação: 14/11/2022 11:38:55 | Visualizada 222 vezes

O IEGM é composto por questionários que apuram indicadores em 7 áreas.


Ouvir matéria

O Tribunal de Conta do Estado (TCE) disponibilizou o Índice de Efetividade da Gestão Municipal (IEGM), que avalia a eficácia das políticas públicas dos municípios, e Ivaiporã tem a melhor avaliação na Saúde e Meio Ambiente: nota A. Em 2020/2021 eram C+. Em 2021/2022 passaram para A, o que é significa que são altamente efetivas.

Na Saúde são dadas ênfases aos quesitos: Atenção Básica, Equipe Saúde da Família, Conselho Municipal de Saúde, atendimento à população para tratamento de doenças como tuberculose, hanseníase e cobertura das campanhas de vacinação e de orientação à população. No Meio Ambiente são avaliadas as ações que impactam a qualidade dos serviços e a vida das pessoas: resíduos sólidos, educação e estrutura ambiental, e Conselho Ambiental.

O IEGM é composto por questionários que apuram indicadores em 7 áreas: Educação, Saúde, Planejamento, Gestão Fiscal, Meio Ambiente, Cidades Protegidas e Governança em Tecnologia da Informação. Os 399 municípios tiveram prazo entre 22 de fevereiro e 31 de março para responder os questionários relativos às informações de 2021.

A resposta aos 7 questionários do IEGM é obrigatória, uma vez que integra a Agenda de Obrigações dos Municípios perante o TCE-PR. A exigência é estabelecida na Instrução Normativa 169/2021, que define a finalidade da Prestação de Contas Anual (PCA) Municipal de 2021, e na Instrução Normativa 166/2021, que dispõe sobre a Agenda de Obrigações do Exercício de 2022.

No IEGM Geral nenhum município tem nota A. Apenas a partir de B e Ivaiporã é B entre 254 dos 399 municípios. Portanto, considerada efetiva.

 

Qualidade de vida

O prefeito de Ivaiporã, Carlos Gil, e as diretoras dos Departamentos de Saúde e de Meio Ambiente, Cristiane Pantaleão e Denise Kusminski, avaliaram os resultados.

“O IEGM A na Saúde é resultado dos investimentos que o prefeito Carlos Gil e Marcelo Reis fizeram na Atenção Básica, que organiza as Unidades Básicas de Saúde [UBS], onde são resolvidos mais de 85% dos problemas da população. Ou seja, o município que investe na Atenção Básica reflete na melhor qualidade de vida dos habitantes”, explicou Cristiane Pantaleão, reconhecendo que é necessário investir na melhoria dos serviços e consultas de exames específicos, tais como colonoscopia, endoscopia e densitometria óssea. “Mas temos garantido 95% das consultas e exames de especialidade no tempo certo”, acrescentou.

Denise Kusminski afirmou que foram desenvolvidas diversas ações socioambientais e feitos muitos investimentos visando uma cidade mais acolhedora e com melhor qualidade de vida.

“Trabalhamos com planejamento nas mais diversas áreas da administração municipal – e os setores da Saúde e Meio Ambiente não fogem à regra. Portanto, os resultados são excelentes e refletem o cumprimento das respectivas metas do plano de governo, que visam saúde de qualidade e a preservação do meio ambiente”, declarou Carlos Gil.

Fonte: Assessoria de Imprensa da Prefeitura de Ivaiporã - Lúcia Lima

 Galeria de Fotos

 Veja Também