Rua Rio Grande do Norte, 1000 | (43) 3471-1950 | 0800-649-3472 | administracao@ivaipora.pr.gov.br
Acessibilidade

Plantio saudável

Prefeitura incentiva jovens a plantar na Horta Cidadã do Centro da Juventude de Ivaiporã

Quinta-feira, 23 de março de 2023

Última Modificação: 23/03/2023 18:43:18 | Visualizada 115 vezes

A parceria com o Departamento de Agricultura foi estabelecida, esta semana, ampliando o alcance do programa


Ouvir matéria

O Departamento de Assistência Social da Prefeitura de Ivaiporã tem desenvolvido o programa Horta Cidadã, no Centro da Juventude, com o objetivo de promover a agricultura urbana e familiar, segurança alimentar e nutricional.

Com a execução do programa Horta Cidadã, o Departamento de Assistência Social cumpre as metas 2 (erradicação da fome) e 12 (consumo e produção responsáveis) dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS), que foram estabelecidos pela Organização das Nações Unidas (ONU).

A parceria com o Departamento de Agricultura foi estabelecida, esta semana, ampliando o alcance do programa. Jovens entre 7 e 18 anos cuidam da Horta Cidadã, tendo contato direto com a natureza e aprendendo técnicas de cultivo, manejo de hortaliças, colheita e consumo consciente.

Alguns jovens entre 14 e 18 anos integram o projeto Bolsa Auxílio – Agentes de Cidadania, executado em parceria com a Secretaria de Estado da Justiça e Cidadania, e recebem R$308,00 por 10 horas semanais de atividades. 

 

Consumo saudável

O programa Horta Cidadã é uma iniciativa que proporciona a inclusão e alerta sobre os riscos do uso de agrotóxicos para a saúde humana e o meio ambiente. Alface é uma das hortaliças cultivadas em estufa pelos jovens, que em breve irão plantar almeirão, couve-flor, repolho, cenoura e ervas medicinais.

“É muito importante proporcionar o contato com a natureza, promover a inclusão, estimular o espírito de cooperação e alertar para o perigo na utilização de agrotóxicos para a saúde humana e para o meio ambiente”, exemplificou a diretora do Departamento de Assistência Social, Silvana Zancanella Pessutti.

Os jovens plantaram alface e, segundo o coordenador do Centro da Juventude, João Pedro Pereira, eles aprenderam que a hortaliça precisa de sombra. Por isso, são cultivadas em estufa. “Em breve serão plantados almeirão, couve-flor, repolho, cenoura e erva medicinal”, avisou o coordenador.

O acompanhamento dos jovens é feito pelo professor Celso Silva, que passará a contar com orientações e sugestões dadas pelo diretor do Departamento de Agricultura, Carlos Barra Oliveira. “Uma das prioridades é estimular a produção de hortaliça de maneira educativa e sustentável, e vamos adquirir mais sementes para desenvolver a Horta Cidadã em parceria com o Departamento de Assistência Social”, informou Carlos Barra Oliveira.

O jovem Lucas Ferraz frequenta o Centro da Juventude e considera muito importante consumir o que planta – sem agrotóxico e cumprir metas entre os 17 ODS da ONU.

Fonte: Assessoria de Imprensa - Lúcia Lima

 Galeria de Fotos

 Veja Também