Rua Rio Grande do Norte, 1000 | (43) 3471-1950 | 0800-649-3472 | administracao@ivaipora.pr.gov.br

18 de maio

Carreata alerta população de Ivaiporã sobre Abuso e Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes

Terça-feira, 18 de maio de 2021

Última Modificação: 18/05/2021 13:41:26 | Visualizada 395 vezes

A concentração aconteceu em frente à Fatec (Faculdade de Tecnologia do Vale do Ivaí), passando pelo centro da cidade e finalizando em frente à Prefeitura.


Ouvir matéria

Nesta terça-feira, dia 18 de maio, comemora-se o Dia Nacional de Combate ao Abuso e à Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes em memória à morte da menina Araceli Cabrera Crespo, que foi raptada, drogada, estuprada, morta e carbonizada, no Espírito Santo, no dia 18 de maio de 1973, quando tinha 8 anos.

Em função da pandemia do coronavírus (Covid-19) a data foi celebrada pela Prefeitura de Ivaiporã, por meio do Departamento Municipal de Assistência Social – Cras, Creas e Programa Criança Feliz, e pela Câmara de Vereadores com uma carreata, que contou com a participação de instituições de ensino.

A concentração aconteceu em frente à Fatec (Faculdade de Tecnologia do Vale do Ivaí), passando pelo centro da cidade e finalizando em frente à Prefeitura, onde o prefeito Carlos Gil recebeu os participantes. “É preciso acreditar nas crianças, escutar, observar o comportamento e, em caso suspeito de abuso e exploração sexual: denunciar”, sugeriu Carlos Gil.

Segundo a presidente da Câmara de Vereadores, Gertrudes Bernardy, que foi diretora do Departamento Municipal de Assistência Social – por 7 anos, é muito importante alertar a população sobre a temática. “A violência sexual contra crianças e adolescentes pode ocorrer nos mais diferentes espaços sociais. Inclusive no ambiente doméstico, onde deveriam ser protegidas. Por isso, os pais e responsáveis precisam ficar atentos e proteger as crianças e adolescentes”, alertou Gertrudes Bernardy.

Em caso suspeito de abuso e exploração sexual a diretora do Departamento Municipal de Assistência Social, Flávia Kuss, informou que a denúncia pode ser feita pelo Disque 100. Trata-se de um serviço de proteção de crianças e adolescentes com foco em violência sexual, vinculado ao Programa Nacional de Enfrentamento da Violência Sexual contra Crianças e Adolescentes.

A população também pode alertar a Polícia Civil de Ivaiporã (43) 3472-1181. Conselho Tutelar (43) 3472-1951 e 98457-1746. Ou a Polícia Militar 190.  

Fonte: Assessoria de Imprensa da Prefeitura de Ivaiporã - Lúcia Lima

 Veja Também