Rua Rio Grande do Norte, 1000 | (43) 3471-1950 | 0800-649-3472 | administracao@ivaipora.pr.gov.br

Longe de casa...

Em 18 meses, Prefeitura de Ivaiporã paga R$147.189,18 ao CIS pelo transporte de 1.901 pacientes para Curitiba

Segunda-feira, 08 de agosto de 2022

Última Modificação: 08/08/2022 17:32:01 | Visualizada 493 vezes

A volta para Ivaiporã pode ser feita no mesmo dia - 14h00 ou 22h00.


Ouvir matéria

A Prefeitura investe no conforto, rapidez e na segurança dos pacientes por meio da parceria com a Viação Garcia, que faz o transporte em ônibus convencional e leito diariamente de Ivaiporã para Curitiba, onde são realizados tratamentos ou consultas nos hospitais de referência e em clínicas médicas. 
Os pacientes saem de Ivaiporã por volta das 23h00 e, quando chegam a Curitiba, o motorista do ônibus os deixa na casa de apoio. Às 07h00 é servido o café da manhã. Em seguida, os motoristas das Van terceirizadas os levam aos respectivos hospitais e clínicas. Logo que acaba a consulta ou tratamento, os pacientes ligam para casa de apoio e os motoristas retornam para buscá-los. 
A volta para Ivaiporã pode ser feita no mesmo dia – 14h00 ou 22h00. Ou seja, os pacientes não têm custos com passagens entre Ivaiporã e Curitiba, e da casa de apoio aos hospitais de referência e clínicas médicas, e vice-versa. 
Entre janeiro e junho, a Prefeitura pagou ao Consórcio Intermunicipal de Saúde (CIS) a quantia de R$147.189,18 pelo transporte via terrestre – ida e volta de 1.901 pacientes entre Ivaiporã e Curitiba. 

Agradecimento 
Márcia Ester Vanzella faz tratamento na coluna no Hospital São Vicente. “O atendimento é excelente! É 1º mundo! Não tenho o que reclamar. Devido ao tempo de tratamento [3 anos] fiz amizades com as equipes”, contou Márcia Vanzella, que mencionou o conforto das viagens. “Agradeceu a Deus por todo a atendimento e carinho da equipe de Saúde de Ivaiporã – especialmente a coordenadora de frotas, Miriam Macedo, sem esquecer os motoristas da Viação Garcia e das Vans em Curitiba”, declarou Márcia Vanzella. No dia 19 de agosto, a paciente retornará ao Hospital São Vicente. 
Quem também faz tratamento em Curitiba é Carlos Chaves. O paciente tem hipertensão pulmonar, o que também afeta o coração, e contou que antes pagava passagens para se tratar em Curitiba. “O serviço da Prefeitura é muito bom e em Curitiba sou muito bem tratado. Aguardo o transplante de pulmão e espero que o coração aguente”, desejou Carlos Chaves.  
Para os municípios de Arapongas, Apucarana, Londrina, Campo Mourão, Maringá, Jacarezinho e Rolândia o transporte é realizado com a frota do Departamento de Saúde, que pode variar entre transporte de ônibus, ambulância e veículos baixos. 
De janeiro a junho de 2022 foram rodados 172.526 km e transportados 4.215 pacientes para exames e consultas médicas de especialidades. Ou seja, 6.116 pacientes se trataram ou fizeram consultas fora do município em 6 meses. 
O prefeito Carlos Gil e a diretora do Departamento de Saúde, Cristiane Pantaleão, entendem que se trata de uma maneira de prestar um bom auxílio aos pacientes do Sistema Único de Saúde (SUS) e a garantia que tenham o atendimento médico necessário – mesmo que distante. 

Fonte: Assessoria de Imprensa da Prefeitura de Ivaiporã - Lúcia Lima

 Galeria de Fotos

 Veja Também