Rua Rio Grande do Norte, 1000 | (43) 3471-1950 | 0800-649-3472 | administracao@ivaipora.pr.gov.br

2030

IDR, Seab e Prefeitura de Ivaiporã realizam oficina com organizações da agricultura familiar sobre PNAE Orgânico

Terça-feira, 18 de abril de 2023

Última Modificação: 18/04/2023 09:40:25 | Visualizada 292 vezes

Conforme o Governo do Estado a meta é incluir alimentos orgânicos gradualmente na alimentação dos alunos até chegar a 100% da merenda


Ouvir matéria

O engenheiro agrônomo e o coordenador de projetos do IDR-Paraná de Ivaiporã, Paulo Henrique Lizarelli e Jairo Brietzke, chefes dos Núcleos Regionais da Seab de Ivaiporã e Pitanga, Vitória Holzmann e José Guilherme Camilo, e o diretor do Departamento de Agricultura da Prefeitura de Ivaiporã, Carlos Oliveira, se reuniram com representantes de 8 organizações da Agricultura Familiar para debater sobre PNAE Orgânico (Programa Nacional de Alimentação Escolar), na segunda-feira, dia 17 de abril.

A oficina visou informar e motivar o cumprimento da Lei 16.751/2010, que estabeleceu a alimentação escolar orgânica na rede estadual de ensino – regulamentada pelo Decreto 4.211/2020, colocando a implantação como responsabilidade da Seab e Secretaria de Estado da Educação.

Os objetivos foram apresentar às organizações da Agricultura Familiar a Lei 16.751/2010; realizar diagnóstico sobre a entrega de alimentos orgânicos; orientar a criação de planos de negócio; e discutir políticas públicas entre os 12 municípios representados, associações, cooperativas, conselhos técnicos ligados à área, técnicos e extensionistas.

 

100% em 2030

Conforme o Governo do Estado a meta é incluir alimentos orgânicos gradualmente na alimentação dos alunos até chegar a 100% da merenda na rede pública estadual em 2030. Parte da produção virá da agricultura familiar.

Vitória Holzmann disse aos representantes de municípios, associações, cooperativas, técnicos e extensionistas que se tratava de uma oportunidade de manter a alimentação escolar com produtos regionais. “Vamos tornar a região respeitada e conhecida pela produção orgânica. Mas é necessário criar projetos na área de hortifrutis ou de origem animal”, informou Vitória Holzmann.

Carlos Oliveira explicou que os grupos fizeram um diagnóstico sobre a entrega de alimentos orgânicos, que será encaminhado ao Comitê Gestor do Plano de Introdução Progressiva dos Alimentos Orgânicos na Alimentação Escolar.  O colegiado assessora os secretários da Educação, Agricultura e do Abastecimento no trabalho de formular, gerir e fiscalizar as políticas públicas que visam suprir a totalidade da alimentação escolar com produtos orgânicos.

 

Fonte: Assessoria de Imprensa - Lúcia Lima

 Galeria de Fotos

 Veja Também