Rua Rio Grande do Norte, 1000 | (43) 3471-1950 | 0800-649-3472 | administracao@ivaipora.pr.gov.br

Medidas

Prefeito Carlos Gil anuncia medidas de segurança nas 10 escolas e 11 centros municipais de educação infantil de Ivaiporã

Terça-feira, 18 de abril de 2023

Última Modificação: 27/04/2023 07:55:33 | Visualizada 2184 vezes

O major Rangel Calixto e o delegado Erlon Ribeiro da Silva enfatizaram a importância dos pais acompanharem o que os filhos transportam nas mochilas,


Ouvir matéria

O prefeito de Ivaiporã, Carlos Gil, anunciou as medidas de segurança que a Prefeitura está adotando para garantir a integridade física e psicológica dos pais, alunos, professores e funcionários das 10 escolas e 11 centros municipais de educação infantil, bem como dos projetos sociais Renascer, Casa de Vivência e Centro da Juventude.

Embora a segurança pública seja de responsabilidade do Estado, o prefeito decidiu tomar a iniciativa de implementar medidas como interfone nas escolas onde não havia o aparelho, alarme, botão de pânico, sirene e câmeras de segurança.

O ataque recente a uma creche em Blumenau/SC gerou medo e preocupação no país, especialmente após uma onda de ameaças veladas e notícias falsas. Por isso, o prefeito Carlos Gil convocou uma reunião com autoridades como o vice-prefeito Marcelo Reis, presidente da Câmara de Vereadores, Edivaldo Aparecido Montanheri (Sabão), comandante da 6ª Companhia Independente de Polícia Militar de Ivaiporã, major Rangel Calixto, delegado da 54ª Delegacia Regional de Polícia Civil, Erlon Ribeiro da Silva, chefe do Núcleo Regional de Educação, Valber Clarimundo, promotor de Justiça Egídio Klauck e com a secretária municipal de Educação, Daiane Soares, para discutir estratégias de segurança.

 

Recursos reservados

O prefeito Carlos Gil assegurou que os recursos necessários para a implementação das medidas de segurança foram reservados. “Também adotaremos um protocolo de segurança para que os alunos, professores e funcionários saibam como agir em caso de gravidade”, antecipou Carlos Gil sugerindo à secretária Daiane Soares que submeta o documento a analise do major Rangel Calixto. 

No entanto, antes de adotar outras medidas, o prefeito solicitou um orçamento para segurança armada durante os horários de aula e atividades nos projetos sociais. Mas concluiu que a despesa seria muito alta para o município. A segurança armada foi orçada em R$1.900.000,00 por ano. “Não temos condições de arcar com esta despesa e acredito que a maioria dos municípios não adotará tal medida”, opinou o prefeito.

Durante a reunião, o promotor Egídio Klauck parabenizou as Polícias Civil e Militar pela rápida identificação de um adolescente que ameaçou uma escola estadual em Ivaiporã. O menor foi apreendido e as autoridades prometeram rigor na aplicação da lei.

 

Segurança reforçada

O major Rangel Calixto e o delegado Erlon Ribeiro da Silva enfatizaram a importância dos pais acompanharem o que os filhos transportam nas mochilas, o que acessam na internet e como se comportam na vida real. Eles também garantiram que o policiamento nas escolas foi reforçado e que a Polícia Civil está pronta para investigar qualquer ameaça.

A reunião, realizada no Centro da Melhor Idade, nesta segunda-feira, dia 17 de abril, contou com a participação de professores, diretores de escolas municipais, estaduais, particulares e de instituições de ensino superior. As medidas de segurança serão implementadas o mais rápido possível para garantir a tranquilidade e a segurança dos envolvidos na comunidade escolar.

Fonte: Assessoria de Imprensa - Lúcia Lima

 Galeria de Fotos

 Veja Também