Rua Rio Grande do Norte, 1000 | (43) 3471-1950 | 0800-649-3472 | administracao@ivaipora.pr.gov.br

Trabalho em equipe

Secretarias de Saúde, Assistência Social e Educação de Ivaiporã se unem para aprimorar programa Autismo em Rede

Terça-feira, 08 de agosto de 2023

Última Modificação: 14/08/2023 21:44:17 | Visualizada 659 vezes

A secretária municipal de Saúde, Cristiane Pantaleão, lamentou a inexistência de programa de cofinanciamento federal ou estadual em prol do autista.


Ouvir matéria

 

As equipes das Secretarias Municipais de Saúde, Assistência Social e de Educação da Prefeitura de Ivaiporã, e os profissionais que compõem o programa Brilhantemente, desenvolvido pelo Consórcio Intermunicipal de Saúde, se reuniram para avaliar e propor mudanças no atendimento ao autista por intermédio do programa Autismo em Rede.

A Lei Federal 12.764 de 27 de dezembro de 2012 – também conhecida como Lei Berenice Piana garante direitos às pessoas com Transtorno do Espectro Autista (TEA) no Brasil e instituiu a Política Nacional de Proteção dos Direitos da Pessoa com Transtorno do Espectro Autista, responsável por assegurar uma série de direitos e garantias para as pessoas com TEA e respectivas famílias.

No entanto, falta recursos, conscientização, formação, coordenação interinstitucional e conscientização pública. Por isso, as equipes das Secretarias Municipais de Saúde, Assistência Social e de Educação da Prefeitura de Ivaiporã lançaram o programa Autismo em Rede, em abril de 2023, visando organiza o cuidado com o autista e a família. 

 

Inexistência cofinanciamento

A secretária municipal de Saúde, Cristiane Pantaleão, lamentou a inexistência de programa de cofinanciamento federal ou estadual em prol do autista. “Mas não podemos cruzar os braços e sim encontrar soluções. Neste sentido, criamos o programa Brilhantemente – paralelamente ao Autismo em Rede. O Brilhantemente realiza o diagnóstico e monta o plano de cuidado com o autista, o que elevou a procura por terapia, sobrecarregando o sistema de atendimento” contou Cristiane Pantaleão.

Para desenvolver o cuidado com o autismo foram realizadas 2 capacitações com profissionais da Saúde, Assistência Social e da Educação, que tem Centro Especializado, onde identifica os autistas e desenvolve o grupo Ampare com os pais dos autistas. “Por isso, nos reunimos para reorganizar o Autismo em Rede e o programa Brilhantemente. Portanto, precisamos de mais treinamentos e formar mais profissionais para atender e fazer terapia com autistas. Além disso, é necessário melhorar a estrutura para acolher os autistas e os familiares”, descreveu Cristiane Pantaleão.

Em casa, os autistas também precisam de orientações redobradas – segundo Cristiane Pantaleão. “Definimos algumas tarefas. E, no prazo de 30 dias, reuniremos com os pais, que solicitaram apoio no cuidado com os filhos, para apresentar o formato de atendimento nos programas Autismo em Rede e Brilhantemente”, informou a secretária municipal de Saúde.

Foco

As crianças autistas e com transtornos de comportamento são o foco do inovador programa Brilhantemente, que destaca a importância da atenção integral, multidisciplinar e intersetorial.

As crianças são atendidas por uma equipe de profissionais altamente especializados. O programa não apenas envolve as Secretarias de Saúde, Assistência Social, Educação. Mas também cria uma sinergia que transcende os limites administrativos, promovendo cuidado. Os eixos estruturantes do programa Brilhantemente compõem: equipes municipais intersetoriais; formação contínua de profissionais; consultas multiprofissionais e neuropediátricas; Ambulatório Médico Especializado; e capacitação e conversas de acolhimento

O programa Brilhantemente não é apenas um exemplo de excelência em cuidados de saúde, assistência e educação – e sim a esperança para aqueles que enfrentam desafios únicos.

Fonte: Assessoria de Imprensa - Lúcia Lima

 Galeria de Fotos

 Veja Também